Conecte-se conosco

Tech

Usuário de maconha terá aplicativo para monitorar danos causados pela droga

Publicados

em

Embora vários estudos indiquem que o uso de maconha pode causar prejuízos à memória, à atenção e ao tempo de reação, cientistas têm encontrado dificuldades para avaliar esses danos a partir da observação direta de usuários. Para contornar o problema, um grupo de cientistas da Universidade de Chicago (Estados Unidos) desenvolveu o protótipo de um aplicativo que poderá ajudar os usuários a compreenderem, a partir de uma série de tarefas pelo celular, como o uso da droga os afeta.

O protótipo do aplicativo, batizado de “Am I Stoned” (“Estou chapado?”, em tradução livre) foi apresentado nesta terça-feira, 24, no encontro anual da Sociedade Americana de Farmacologia e Terapias Experimentais, em San Diego, nos Estados Unidos.

De acordo com o grupo de cientistas, liderado pela doutoranda Elisa Pabon, da Universidade de Chicago, a iniciativa tem um duplo objetivo: esclarecer aos usuários os danos causados pela maconha e reunir uma grande quantidade de dados científicos sobre os impactos da erva.

“Um dos objetivos de longo prazo do aplicativo é aumentar a segurança do uso de maconha, fazendo com que os usuários fiquem mais conscientes de seus danos. Coletando dados diretamente a partir dos usuários, o aplicativo também contribuirá para aumentar o conhecimento científico sobre os impactos da cannabis nos usuários”, disse Elisa.

Os cientistas pediram a 24 usuários saudáveis de cannabis que eles tomassem uma cápsula contendo um placebo ou contendo de 7,5 a 15 miligramas de tetrahidrocanabinol (THC), que é o princípio ativo da maconha. Inicialmente, nem os participantes nem os cientistas sabiam quem havia recebido o placebo ou o THC.

Em seguida, os participantes do estudo executaram diversas tarefas padronizadas baseadas em computador que já eram utilizadas para avaliar danos, além de outras tarefas com base em smartphones, que podiam ser utilizadas para avaliações fora do laboratório.

Em uma das tarefas, por exemplo, dois botões aparecem na tela do celular por 20 segundos e o usuário deve utilizar dois dedos da mesma mão para apertá-los alternadamente o mais rápido possível. Em outra das tarefas, uma sequência de nove florzinhas se acendem em ordem aleatória e o usuário deve tocar nelas na ordem em que se acenderam. Em um teste de tempo de reação, o usuário deve sacudir o celular no momento em que um ponto azul aparece no meio da tela.

Adaptações
Os pesquisadores conseguiram detectar com sucesso os danos causados pelo THC com o uso de três das quatro tarefas realizadas em computador e com uma das tarefas realizadas no celular. Segundo Elisa, as tarefas agora serão adaptadas para que o aplicativo possa ser utilizado integralmente no celular. O estudo também mostrou que os usuários, em geral, estavam conscientes dos danos.

“Os efeitos do THC no desempenho podem ser sutis e, por isso, precisávamos de tarefas com sensibilidade suficiente para detectar os danos. É provável que as tarefas em computador, cuja execução levava de 15 a 20 minutos, tenham sido mais sensíveis aos danos do THC, porque elas forneciam mais oportunidades para detectar o efeito da droga”, disse Elisa.

Embora o protótipo não tenha o objetivo de avaliar a capacidade de uma pessoa para dirigir ou realizar atividades que podem causar ferimentos, os cientistas planejam utilizar os resultados obtidos a partir dos testes para desenvolver um aplicativo que permita ao usuário avaliar seu próprio desempenho. Para isso, a pessoa deverá antes completar as tarefas sem ter feito uso de drogas, a fim de fornecer uma informação personalizada que possa ser utilizada depois para avaliar os danos do uso da maconha.

Os pesquisadores planejam utilizar os dados obtidos por esse estudo para melhorar a sensibilidade das tarefas com base no celular na detecção dos danos induzidos pelo THC, para que o aplicativo possa ser desenvolvido com um ajuste mais adequado às situações reais.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tech

Microsoft confirma problema com atualização do Windows 10 que causa parada no sistema ao iniciar

Publicados

em

A Microsoft confirmou um problema com a atualização mais recente do Windows Defender para o Windows 10 e o Windows Server 2016. A atualização foi lançada no início desta semana e, devido ao problema, alguns sistemas Windows 10 com inicialização segura não serão mais iniciados.

A atualização também pode causar problemas com o AppLocker, caso seja ativado, pode bloquear downloads em alguns casos, relatórios do MyCe. O especialista em Windows da Alemanha, Günter Born, relata o problema depois que alguns de seus usuários o alertaram sobre os problemas.

Microsoft confirmou os problemas e fornece soluções alternativas que devem resolver os problemas do AppLocker e do SecureBoot. Além dos problemas com essa atualização específica, Born também relata que a Microsoft teve problemas com seus servidores de atualização, após os quais os usuários começaram a relatar mensagens de erro quando tentavam atualizar.

As soluções alternativas envolvem a alteração dos caminhos permitidos no Windows, a desativação do SecureBoot e a necessidade de alguma digitação manual.

Continue lendo

Tech

Bug no iCloud permite acesso a vídeos de outros dispositivos iPhones

Publicados

em

Especialistas afirmam que os clientes da Apple podem sofrer outra violação de segurança. Eles acreditam que o bug encontrado no iCloud permitiu que estranhos lessem as anotações armazenadas no iPhone de outra pessoa.

Supostamente, essa falha foi abafada pelos chefes da Califórnia, que silenciosamente resolveram o problema antes que ele se tornasse público.

A violação no final do ano passado foi encontrada pelo pesquisador turco de segurança cibernética Melih Sevim. Devido à vulnerabilidade, ele foi capaz de ler as anotações de outros usuários, apenas sabendo seus números de telefone. Nestas notas você pode até encontrar números de cartões bancários e senhas.

Continue lendo

Tech

5 impressoras da Samsung para investir na Creative Cópias

Publicados

em

Antes de comprar uma impressora, é importante que o consumidor tenha em mente seus objetivos. A máquina será utilizada com frequência ou apenas esporadicamente? A riqueza de detalhes na impressão é um aspecto relevante ou a resolução não necessariamente precisa ser alta?

Sejam quais forem as destinações à sua impressora, uma coisa é fato: a Samsung possui modelos excelentes, que operam com economia e eficiência. E, o melhor, você encontra os melhores equipamentos na Creative Cópias!


1) Impressora Samsung M4070FR M4070 SL-M4070FR Monocromática Multifuncional Pro Xpress


Com esse equipamento, você vai imprimir com ampla agilidade e qualidade. É ideal para ambientes corporativos que prezam pela rapidez da execução do serviço. É possível copiar e digitalizar frente e verso, pois a máquina possui um alimentador automático de documentos reverter. Além disso, o aparelho imprime duplex, o que ajuda a economizar folhas e prezar pelo meio ambiente


2) Impressora Samsung M2070W M2070 SL-M2070W | Multifuncional Laser Monocromática Xpress


Essa multifuncional possui uma grande novidade em tecnologia da Samsung, o NFC. Com ela, você imprime, copia ou digitaliza seus arquivos apenas com um toque de seu smartphone ou tablet! Também é possível aproveitar a conexão wireless oferecida pelo equipamento. A impressora ainda é compatível com toner de alto rendimento padrão. Acompanha toner inicial com rendimento de 400 páginas, considerando 5% de cobertura no papel A4.


3) Impressora Samsung SL-M4075FR 4075FR | Multifuncional Laser Monocromática com ADF Rede e Duplex


Esse modelo imprime, copia, digitaliza, envia e recebe fax com qualidade, rapidez e versatilidade. Possui conexão em rede, para que vários usuários utilizem um só equipamento. É possível imprimir, copiar e digitalizar frente e verso, economizando o consumo de papel. O equipamento imprime até 40 páginas por minuto de papel A4, com o mínimo ruído possível.


4) Impressora Samsung SL-M2835DW Laser Monocromática com Wireless e Duplex


Esse é um aparelho para impressões em preto e branco, ideal para escritórios de pequeno porte ou residências, pois a função de imprimir documentos com alta qualidade e velocidade vem aliada a diversos recursos importantes para facilitar as suas impressões do dia a dia, como, por exemplo, a impressão frente e verso. Isso garante um consumo de até 50% menos papel! Conta com recurso de impressão por conexão em rede sem fio e a tecnologia NFC, com a qual basta aproximar seu smartphone da máquina para que a impressão seja realizada.


5) Impressora Samsung SL-M2070 Multifuncional Xpress Laser Monocromática


Imprime até 20 páginas por minuto e possui um design moderno e compacto. Além disso, é leve e econômica, ideal para escritórios ou ambientes domésticos. Essa impressora possui conexão USB 2.0 de alta velocidade, com um processador de 600MHz. A resolução de impressão é de 1200x1200dpi, de qualidade incrível! Essa multifuncional suporta diversos tipos e tamanhos de papéis.

Continue lendo

Quentes